quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Refúgio

Ah!
Como é difícil
ficar à margem,
se entre um verso
e outro.
dou de encontro...
com meus sonhos...

Ah!
Ao me encontrar...
melhor me entendo
e como é dolorido voltar,
se os antigos esconderijos
eram muito mais bonitos.

Ah!
Como é difícil,
após ter ido tão fundo,
ver-me aqui encolhida
nesse poema resumido.

1 comentários:

bypoesia disse...

Muito bom esse poema lindo mesmo! Beijos!!!

Postar um comentário

Chat Cbox- Sejam bem Vindos

Bubbles

widgets/installing-widgets/why-cant-i-see-my-widget/">More info)